INSTITUCIONAL: Conselho aprova Política de Gestão da Inovação e institui Rede de Inovação do Poder Judiciário

Durante a 87ª Sessão Virtual, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) aprovou a Política de Gestão da Inovação no Poder Judiciário e instituiu a Rede de Inovação do Poder Judiciário (Renovajud). A intenção é aprimorar os serviços prestados pela Justiça e impulsionar a adoção da inovação pelos tribunais, tornando esse processo contínuo nos órgãos judiciários. Segundo a conselheira Maria Tereza Uille, relatora do processo, a Política de Gestão é orientada por princípios como cultura da inovação, foco no usuário, colaboração, desburocratização e transparência, contribuindo para que o Judiciário melhore os sistemas de trabalho para qualificar o atendimento à população. Já a Renovajud tem o objetivo de incentivar pesquisas, estudos e ações de capacitação temática e fomentar o desenvolvimento de projetos de caráter inovador. Nesse sentido, os tribunais brasileiros devem, dentro de 60 dias, instituir laboratórios de inovação ou espaços similares, físicos ou virtuais. A Rede será composta, portanto, por esses laboratórios criados pelos tribunais, por um Comitê Gestor Nacional, pelo LIODS/CNJ e pelo Conselho Consultivo Nacional. Saiba mais no portal do CNJ. LK/LS, com informações do CNJ. Assessoria de Comunicação Social Tribunal Regional Federal da 1ª Região  
09/06/2021 (00:00)
Visitas no site:  1706159
© 2021 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia