“Temos que lutar”, diz Fabrício Castro sobre crise do judiciário baiano

A morosidade da Justiça na Bahia foi um dos temas levantados pelo presidente da OAB da Bahia, Fabrício Castro, durante cerimônias de entrega de carteira, na manhã desta quarta-feira (13/03), no auditório da seccional, na Rua Portão da Piedade. Segundo o presidente, “não é fácil advogar na Bahia, mas a classe não pode sucumbir às dificuldades”. “Nós temos que lutar, e a OAB da Bahia tem feito uma grande luta em defesa das nossas prerrogativas e da eficiência do judiciário”, disse.Sobre as prioridades para os próximos anos, Fabrício afirmou que a sua gestão só será eficaz, se fizer com que o poder judiciário tenha mais eficiência. “Esta é a única forma que a gente tem de efetivamente contribuir para que o advogado tenha uma condição melhor de vida. E, para tanto, contamos com a ajuda de vocês. Quanto mais colegas estiverem juntos conosco, maior será nosso sucesso”, conclamou.Também na cerimônia, o conselheiro federal Antônio Adonias destacou o papel do advogado na defesa do que é legal. “O advogado é como um soldado que se predispõe a estar na fronteira do lícito com o ilícito. E, uma vez nesta função, nós não podemos permitir que os opressores ultrapassem a linha da licitude nem que oprimam as pessoas. Estamos na fronteira justamente para defender esse limite”, pontuou.O vice-diretor da Escola Superior de Advocacia (ESA-BA), Luiz Gabriel, destacou a intolerância e o anti-intelectualismo como tônicas do cenário atual. “Infelizmente, elas também atingem a advocacia, que passa por um dos seus momentos mais difíceis, sobretudo com um movimento de criminalização da classe. Mas e o que fazer diante dessa realidade? Resiliência Resistam. Escutem. Planejem e trabalhem incansavelmente”, completou.O presidente da Caixa dos Advogados, Luiz Coutinho, falou sobre os benefícios oferecidos pela entidade à classe. “A Caixa tem uma série de serviços à disposição da advocacia. Temos 1.890 convênios, incluindo escolas, bares, restaurantes e hotéis, serviço odontológico, spa, e os projetos Meu Escritório, com salas de atendimento para uso do advogado, e Hotel de Trânsito. Tudo pensado em prol da classe”, explicou.Participaram das solenidades o secretário-geral da OAB-BA, Maurício Leahy, e o membro da Comissão de Direitos e Prerrogativas, Florisvaldo Pasquim, os conselheiros Adilson Affonso e Lucas Biondi, o presidente da OAB de Santo Antônio de Jesus, Adriano Balbino, e o vice-presidente da subseção de Feira de Santana, Raphael Pitombo.
13/03/2019 (00:00)
Visitas no site:  1209801
© 2019 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia