Alexandre de Moraes determina bloqueio de contas de bolsonaristas em redes sociais no exterior

Por ordem do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, o Twitter retirou do ar contas que apoiadores do presidente Jair Bolsonaro suspeitos de espalhar fake news tinham aberto fora do Brasil. A iniciativa de mudar as configurações de localização das contas para outros países tinha sido uma tentativa do grupo de contornar a ordem do ministro, expedida na semana passada, de excluir perfis no Twitter e Facebook. Segundo o ministro Alexandre de Moraes, a exclusão das contas deve ocorrer independentemente de a postagem se dar no Brasil ou fora do país. Em nota, o Twitter afirmou que "bloqueou as contas para atender a uma ordem judicial proveniente de inquérito do Supremo Tribunal Federal. E que, embora não caiba ao Twitter defender a legalidade do conteúdo postado ou a conduta das pessoas impactadas pela ordem, a empresa considera a determinação desproporcional sob a ótica do regime de liberdade de expressão vigente no Brasil. E que, por isso, vai recorrer da decisão de bloqueio". O Facebook não retornou o contato do Jornal Nacional.
31/07/2020 (00:00)
Visitas no site:  1579282
© 2020 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia